segunda-feira, 30 de abril de 2018

O que é KEFIR? Tudo sobre este probiótico do bem

O kefir é originário das Montanhas do Cáucaso Sententrional, há muitos séculos. O termo kefir deriva do turco keif, que quer dizer bom sentimento.

Ao cultivar os grãos do kefir em água com mascavo ou leite, percebemos que, com o tempo, eles se multiplicam e uma parcela desses grãos deve ser removida para evitar a superpopulação e continuar proporcionando uma boa relação entre leite (ou água com mascavo) e grãos. Tradicionalmente, os grãos em excesso devem ser doados para amigos, parentes ou até mesmo pessoas desconhecidas, bem como podem ser comidos ou desidratados e armazenados como uma fonte alternativa.

O kefir é um produto facilmente digestível e é uma boa fonte de proteína e de cálcio. Pode, consequentemente, ser incluído com parte da dieta diária.

A purificação orgânica que promove auxilia na obtenção de um eco sistema interno perfeito para a saúde e para a longevidade. O kefir tem propriedades antitumorais, antibacterianas e antifúngicas. Essas propriedades abrangentes podem explicar a razão para o uso do kefir no numeroso relato de curas de doenças. O kefir tem sido usado no tratamento de pacientes que sofrem de doenças de deficiências imunológicas, pois aumenta a imunidade em grande escala e ainda atua como elemento desintoxicador da enorme carga de medicamentos a que o doente se vê submetido, promovendo uma absorção orgânica muito maior de sais minerais e vitaminas, principalmente a vitamina B12, ajudando nos problemas de desnutrição.

Descobriu-se que p kefir de leite induz a secreção de Interferon, que é uma glicoproteína produzida em resposta a um ataque viral, cuja função parece ser desencadeada por mecanismos de defesa das células não infectadas. Acredita-se que o Interferon é eficiente contra doenças virais e algumas formas de câncer.


O kefir tem efeito comprovado no auxílio do tratamento de:

Distúrbios nervosos: - ansiedade, insônia;
- síndrome de fadiga crônica;
- catarros bronquiais e outros problemas respiratórios;
- alergias; - escleroses; - reumatismo e L.E.R.;
- tumores; - problemas cardio-vasculares (infarto e arteriosclerose); - problemas de vesícula;
- disfunções hepáticas; - problemas renais e icterícia;


Doenças do estômago: - gastrite;
- úlceras pépticas e duodenais;
- regulariza a digestão; 


Problemas intestinais:
- diarréias;
- intestino preguiçoso ou preso;
- hemorróidas.

O kefir previne putrefação intestinal causada por depósito nos intestinos e contribui para depuração do organismo e restaura rapidamente a micro flora intestinal, o que é ótimo para quem se submeteu a longos tratamentos com antibióticos;


 Problemas de sangue:
- anemia;
- leucemia


Problemas de pele: 
- dermatites;
- eczemas;
- lupus;
- cândida;
- psoríase;
- herpes.


Males do século:
- irradiações;
- exposições a monitores de vídeo;

Na desintoxicação de poluentes tóxicos.
- Excesso de peso: atuando como um enzimático poderoso, acentua amplamente o anabolismo, ou seja a assimilação de nutrientes e por provocar um equilíbrio geral do organismo, provoca uma sensação agradável de saciedade, que reduz o hábito de comer por compulsão, depressão ou ansiedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário