sábado, 21 de março de 2015

O café e a Dieta Low Carb Funcional

Hoje eu vou escrever sobre um tema polêmico. Pois discordo da maioria dos profissionais da linha low carb que tem por aí. O caso do café.

Acontece que eu não recomendo café para nenhum cliente, e alguns inclusive eu proíbo. Mas isso vai totalmente contra tudo que você já viu na comunidade low carb, principalmente dos adeptos da dieta paleo, certo?

Afinal, aquele cafezinho com óleo de côco parece obrigatório para quem faz este tipo de dieta.

E porque eu não recomendo?

Primeiramente, não é pelo café em sí, mas pelo nosso estilo de vida atual. Vivemos estressados e todo mundo sabe que não é fácil sair disso. Você mandar um cliente mudar de emprego, de cidade, de família, seria uma grande piada pra ele. A única coisa que podemos fazer a respeito, principalmente nós nutricionistas, é mudar a sua alimentação. 

A pessoa consumindo uma alimentação mais antiinflamatória, regenerativa e calmante, irá equilibrar o seu organismo com o seu estilo de vida. Isso traz não só benefícios físicos como também psicológicos.

Não vejo a necessidade em uma sociedade constantemente estimulada de todas as formas (e hoje em dia, com o advento dos smartphones, em todos os lugares) oferecer um alimento estimulante para o organismo.

Porque tem uma coisa que muita gente se engana também. O café não é um energético, ele é estimulante. E você sabe da onde ele tira a energia para te estimular? Das suas reservas. Isso mesmo. A cafeína em sí não tem o poder de trazer energia para o organismo (como o ginseng tem, por exemplo), mas ela queima suas reservas de energia e você se sente muito bem em um primeiro momento, mas depois de um tempo, é capaz de precisar de "mais um gole" pra continuar de pé.

Outra coisa que muito me preocupa no padrão de adoecimento atual é o advento das doenças crônico-degenerativas e sua íntima relação com o sistema ósteo-articular.

Ora, a cafeina tem um efeito diurético que joga diversos minerais importantíssimos para o corpo pelo ralo. Imagine você fazendo uma "dieta saudável", tomando diversos suplementos (principalmente as mulheres na pós-menopausa) para não ter problemas de osteoporose, e bebendo café e só piorando a situação?

Todas as pessoas que tem problemas degenerativos nos ossos e nas articulações (artrite, artrose, osteoporose, condromalacia, condropatia, etc), ou que tem tendências a isso, não deveriam NUNCA tomar café. É um verdadeiro tiro no pé. E não podemos esquecer que estes minerais não são importantes apenas para os ossos, mas são importantes também para o equilíbrio hidro-eletrolítico do organismo.

Além disso, todas as pessoas que tem os problemas que seguem se beneficiam ao isentar a cafeína da dieta: hipertensos, pessoas que sofrem de enxaqueca, cefaleia,  irritabilidade, insônia, nervosismo, ansiedade, gastrite, úlceras,  resumindo, doenças dos tempos modernos. Pessoas que tenham doenças, principalmente as autoimunes, que tenham relação com a flora intestinal (que é responsável por 90% do nosso sistema imunológico) também são beneficiadas ao retirar-se a cafeína.

Enfim, estes são os principais motivos, e pra mim são o bastante. Lembro sempre que a Low Carb que trabalho é do ponto de vista Funcional. Então não é só o emagrecimento que conta, mas a saúde geral também. Eu quero saber o que vai te fazer bem agora e também daqui a 30 anos. E não apenas o que pode te ajudar hoje mas depois pode virar seu pior inimigo.

Tenho todo o respeito pelos colegas que pensam diferente, e sei que são maioria. Não pretendo aqui levantar uma discussão a respeito do assunto, sério, sei que existem estudos de todos os lados afirmando todos os tipos de coisas. Cada pessoa é que tem que sentir o que é bom pra sí, e assim recomendar para os outros.

O meu Mestre na área, o Dr. Eduardo Almeida, diz que não basta ouvir a informação, é preciso sentir o conhecimento.

Um abraço a todos e boa dieta!
Tury


8 comentários:

  1. O que vc aconselha tomar de manhã? Eu tomava o café gordo ja que tenho alergia a ovo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tomo nada. Mas você pode tomar uma água de coco, suco verde, vitamina com leite de coco, etc.

      Excluir
  2. Também gostaria de saber o que tomar no lugar do café gordo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tomo nada. Mas você pode tomar uma água de coco, suco verde, vitamina com leite de coco, etc.

      Excluir
  3. Costumo beber chá preto. Me sinto muito bem! Há contra-indicações?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema do chá preto é a quantidade de cafeína. Se você tiver problemas no funcionamento do intestino ou de ansiedade ele pode atrapalhar.

      Excluir
  4. o que acha de cafés e chás sem descafeinados?

    ResponderExcluir
  5. Diogo, vamos aguardar a resposta do Tury, porém gostaria de opinar sobre café descafeinado. Eu acho uma extravagância desnecessária. Sério. Um grão que naturalmente tem CAFEÍNA chegar ao ponto de praticamente não ter mais (eles não conseguem remover toda cafeína!) utilizando para isso métodos químicos com solventes fortíssimos ou outros métodos até piores e, ao final, ter um café com sabor alterado e bem mais caro que o comum. Minha opinião: se gosta muito de café, melhor tomar logo o café básico, em dose moderada e não apelar para esse "frankstein" descafeinado.

    ResponderExcluir