segunda-feira, 30 de março de 2020

Quatro dicas infalíveis para você emagrecer


Quatro Dicas Infalíveis Para Emagrecer

Atualmente, muitas pessoas buscam formas de emagrecimento para obtenção de um dia a dia mais saudável. No entanto, achar a melhor dieta pode não ser uma tarefa muito simples. Por isso, vou trazer quatro dicas infalíveis para você emagrecer de uma forma rápida e sem sofrimento.

Seguindo essas quatro dicas, qualquer pessoa, independente da idade, pode perder peso e melhorar a sua qualidade de vida. Vamos a elas:

1- Fazer a Dieta Low Carb

Primeiramente vamos falar da alimentação ideal para o seu emagrecimento.

Todas as pesquisas cientificas comprovam que a Low Carb é a dieta mais completa e eficiente para acelerar o seu metabolismo e fazer você emagrecer.

É importante lembrar que seu nome completo é Low Carb High Fat, ou seja, nela você deve diminuir o consumo de carboidratos como farinha de trigo e açúcar e aumentar a ingestão de gorduras saudáveis como coco, abacate, azeite, castanhas, queijos e carnes gordas para obter todos os seus benefícios.

Vale ressaltar que na Low Carb existem mais de 350 alimentos liberados que você pode comer à vontade até ficar saciado, sendo assim, você emagrece sem passar fome.

Além disso, não existe a necessidade de praticar exercícios físicos o que, certamente, a torna mais acessível para muitas pessoas que não tem tempo / saúde para fazer atividades aeróbicas.

Isso torna a Low Carb a única dieta que faz você emagrecer sem sofrimento! Mas apenas emagrecer não é o bastante, com a Low Carb você consegue chegar em seu peso ideal e mantê-lo para o resto da vida!

No nosso Guia você encontrará a lista completa dos alimentos, além de todas as fases da dieta, desde as fases de adaptação, emagrecimento e manutenção.

2-Jejum Intermitente

O jejum intermitente funciona como uma ferramenta da dieta Low Carb para acelerar o seu metabolismo e fazer você perder peso.

Ele deve ser utilizado pelas pessoas que já estão fazendo a Low Carb e chegaram a um platô de emagrecimento (pararam de perder peso de uma semana para outra).

Normalmente as pessoas estão acostumadas a pular o café da manhã, no entanto, o desjejum matinal é a refeição mais importante do dia e é a única capaz de acelerar o seu metabolismo. Por isso, eu sempre recomendo para os meus pacientes o jejum de pular o jantar, uma vez que é o mais eficiente em termos metabólicos. Você entenderá melhor sobre o assunto na fase FAST do nosso Guia.

3-HIITS

Agora vamos falar da atividade física!

Os HIITS são exercícios aeróbicos de alta intensidade intervalados, comprovados cientificamente como sendo os mais eficazes para perda de peso. Além disso, são fáceis de realizar e não requerem muito tempo.

Você pode fazer em casa, na praia, na rua, enfim, em qualquer lugar.

Existem alguns protocolos que são reconhecidos mundialmente e a maioria se baseia em: Fazer um aquecimento e depois uma série de tiros de uma determinada atividade aeróbica com pequenos intervalos. Em um dos protocolos mais utilizados, você deve fazer oito tiros de 30 segundos com intervalos de noventa segundos entre eles.

Para quem não pode fazer atividades de impacto, qualquer atividade física é melhor do que nada, pois já vai beneficiar a sua saúde. Lembrando que na Low Carb a atividade física não é obrigatória, é um acessório para acelerar ainda mais o seu metabolismo.

Para os amantes da musculação, saibam que ela também ajuda no emagrecimento, mas devido ao ganho de massa que acontece de forma concomitante, muitas vezes você não conseguirá ver este resultado na balança.

4-Suplementação

A suplementação é indicada quando você já está fazendo a dieta Low Carb, o jejum intermitente e os HIITs e mesmo assim não está emagrecendo. Então é hora de entrar com nutrientes para ativar o seu emagrecimento.

Temos no nosso site uma fórmula exclusiva que se chama Metabolismo Rápido, desenvolvida especialmente para ativar a tireoide que através dos seus hormônios acelera o seu metabolismo. Dessa forma, seu corpo volta a queimar gordura e você começa a emagrecer novamente. Essa fórmula é super segura e só não deve ser utilizada por grávidas.

Sempre há tempo de mudar os hábitos para conquistar seus objetivos. Seguindo essas quatro dicas você vai emagrecer de uma forma rápida e permanente para ser ainda mais feliz!

RECEITA DE BROWNIE LOW CARB - CHEF TÂNIA FIALHO

sexta-feira, 27 de março de 2020

O que é a Dieta Low Carb?



Muitas pessoas já vem escutando falar da Dieta Low Carb mas não sabem do que realmente se trata. Nas minhas Lives são comuns perguntas do tipo: "O que é a Dieta Low Carb?" ou "Qual a diferença da Dieta Low Carb para uma Dieta convencional?" ou ainda "A Dieta Low Carb é a mesma Dieta da Proteína?".

Nesta postagem vou me ater a pergunta inicial: "O que é a dieta Low Carb?".

O que é a Dieta Low Carb
A Dieta Low Carb é uma dieta de baixo carboidrato que foi comprovada cientificamente como a melhor dieta para emagrecimento e para o tratamento de doenças ligadas a síndrome metabólica (Diabetes, Esteatose Hepática, Triglicerídeos Alto, etc.).

O nome completo dela é Low Carb High Fat, que quer dizer Baixo Carboidrato e Alta Gordura. Sendo assim não basta apenas baixar o consumo de carboidratos, é preciso aumentar o consumo das gorduras saudáveis para poder ter os benefícios que esta dieta traz para a saúde. Esta já é uma grande diferença da Dieta Low Carb para a Dieta da Proteína.

Como a Dieta Low Carb funciona
Outra pergunta comum é a respeito do funcionamento da Dieta Low Carb. Sempre me perguntam: "Como posso emagrecer comendo gordura?" ou "Mas comer gordura não engorda?" E realmente parece meio óbvio se pensar que: Comer Gordura é igual a Armazenar Gordura. Só que não!

O nosso corpo não é tão simples como parece. E não é pelo simples fato de se comer gordura que ele vai armazenar a gordura. Para o nosso corpo poder armazenar gordura existe um hormônio responsável que deve estar alto no sangue, e este hormônio é a insulina.

O único tipo de alimento que sobe a insulina no sangue é o carboidrato, e por isso na Dieta Low Carb, quando baixamos o consumo de carboidratos, a insulina se mantém baixa e o corpo não armazena gordura, pelo contrário, ele começa a queima gordura!

Como o meu corpo armazena gordura?
Ao consumir carboidratos refinados e principalmente os de alto índice glicêmico o nosso corpo faz uma grande liberação de insulina, isso porque o alto consumo deste tipo de alimento aumenta muito o açúcar o no sangue. Como o açúcar alto no sangue é tóxico para o organismo, rapidamente o pâncreas faz uma grande liberação de insulina que "pega" este açúcar circulante e coloca na célula na forma de triglicerídeo (gordura).

Por isso quanto mais carboidratos você come, mais gordura você armazena.

E ainda tem mais, entre estes picos de insulina e de glicose sanguínea, se inicia um ciclo de compulsão por carboidratos que aumenta cada vez mais a gordura corporal.

Pois quando a insulina é liberada e armazena o açúcar nas células na forma de gordura, ela baixa o açúcar no sangue de forma muito rápida, o que causa uma leve hipoglicemia, levando a pessoa a ter fome e a querer comer carboidratos para poder se sentir bem novamente. Ela come carboidratos novamente, o corpo libera insulina de novo, e o ciclo é sem fim...

Mas existe uma esperança... Podemos programar o nosso corpo para queimar gordura!

Como programar o meu corpo para queimar gordura?
A maravilha de fazer o corpo queimar gordura é um dos grandes benefícios da Dieta Low Carb para a saúde. Na verdade o nosso organismo foi programado biologicamente para sempre utilizar a gordura como fonte principal de energia. Mas devido as mudanças alimentares trazidas com a industrialização, ele acabou ficando "mal acostumado" a queimar apenas glicose como forma de energia.

Assim, o alto consumo de carboidratos da sociedade atual acabou viciando o corpo em carboidratos, e levou a essa epidemia de obesidade e doenças crônicas que vemos hoje em dia nos adultos e até nas crianças.

Para cortar este "ciclo sem fim" dos carboidratos, temos que fazer uma dieta de baixo carboidratos, assim poderemos manter a insulina baixa no sangue e fazer o corpo queimar gordura.

O processo é natural: a partir do momento que você entrar em uma Dieta Low Carb, diminuir o consumo de carboidratos e aumentar o de gorduras, o seu corpo irá entender que não terá mais a oferta de glicose que tinha antes para usar como energia, então irá buscar nos seus estoques de gordura, a energia necessária para continuar funcionando... E tcharam! Você estará queimando gordura sem muito esforço!

Como Fazer a Dieta Low Carb
Então vamos para o que interessa! Se você busca emagrecimento e saúde está na hora de começar a fazer a Dieta Low Carb para mudar a sua vida!

O ideal ao fazer qualquer tipo de intervenção que vá influenciar na sua saúde é ter o acompanhamento de um profissional qualificado. Como ainda existem poucos profissionais trabalhando com esta dieta, resolvi escrever um GUIA para que todas as pessoas que queiram fazer a Dieta Low Carb possam fazer com segurança!

Além disso, com a prática de consultório, descobri que muitas pessoas tinham dificuldades em começar ou se adaptar a esta dieta maravilhosa. Por isso criei fases de adaptação e técnicas para acelerar o metabolismo para facilitar ainda mais a sua vida.

Assim eu criei a Nova Low Carb. Para você saber mais sobre esta Dieta maravilhosa recomendo que você conheça o nosso Portal de Emagrecimento.

Nele você vai encontrar o nosso Guia para poder começar a dieta agora mesmo e ebooks com centenas de receitas deliciosas. Vai poder baixar nosso aplicativo gratuito para te ajudar na dieta, fazer cursos online e muito mais.


3 SEGREDOS PRA FAZER UMA DIETA DE SUCESSO

quinta-feira, 26 de março de 2020

RECEITA DE BROWNIE LOW CARB - CHEF TÂNIA FIALHO

5 ALIMENTOS QUE AJUDAM NA SACIEDADE DA DIETA LOW CARB

O que é o Jejum Intermitente



A nova moda para emagrecimento é o jejum intermitente. Está nas revistas, nos jornais e até na televisão. Infelizmente poucas pessoas tem acesso a melhor forma de utilizar esta técnica de acelerar o metabolismo para um emagrecimento que se sustente a longo prazo.

Muitas pessoas me enviam pelas LIVES perguntas como “O que é o Jejum Intermitente”, ou “Como fazer o Jejum Intermitente” ou ainda “O que pode comer ou beber durante o Jejum Intermitente”. Enfim as dúvidas são muitas. Além dessas dúvidas comuns ainda surgem dúvidas como “Quantas horas devo ficar sem comer”, "Qual o melhor horário do dia para fazer o Jejum”, “Quando devo começar o Jejum Intermitente” e “Quantas vezes eu posso fazer o Jejum Intermitente na semana?”.

Neste artigo vou me ater as perguntas principais para ficar bem claro a melhor forma de você aplicar esta técnica maravilhosa no seu emagrecimento.

O que é o Jejum Intermitente

O Jejum Intermitente é uma técnica utilizada para acelerar o metabolismo e levar a perda de peso através da modulação hormonal que se faz entre a insulina e o GH.

O que posso comer no Jejum Intermitente

Durante o jejum você não pode comer nada. O jejum tem que ser total para poder fazer o melhor efeito possível no seu metabolismo.

O que posso beber durante o Jejum Intermitente

Assim como não se pode comer, todas as bebidas são também proibidas (a não ser a água, é claro). Veja que o nome da técnica é “Jejum Intermitente” e não “Jejum Parcial Intermitente”. Por isso é importante fazer um jejum total, para que o seu metabolismo não tenha nenhum tipo de “ajuda” para buscar energia e comece a fazer o metabolismo energético a partir da queima de gordura.

Quando devo começar o Jejum Intermitente

O melhor momento para se começar o Jejum Intermitente é quando você já está fazendo a Dieta Low Carb e não está perdendo peso de uma semana pra outra. Porque o que poucas pessoas sabem é que o Jejum Intermitente é na verdade uma técnica de acelerar o metabolismo já utilizada na Dieta Low Carba muito tempo!

Acontece que ela ficou famosa agora separadamente, e infelizmente está se disseminando como se existisse uma “Dieta do Jejum Intermitente” ou “Dieta Intermitente” como alguns tem dito por aí. Mas não, a dieta é a Dieta Low Carb, o Jejum Intermitente é uma técnica utilizada dentro da Dieta Low Carb para acelerar o seu metabolismo.

Dessa forma, comece primeiro fazendo a Dieta Low Carb, acompanhe o seu peso semanalmente (e não diariamente como alguns fazem e ficam doidos), e se você fazendo a Dieta Low Carb não perder peso de uma semana para outra, ai sim, você pode começar a fazer o Jejum Intermitente.

Como Fazer o Jejum Intermitente
A melhor forma de fazer o Jejum Intermitente é pulando o jantar, e não o café da manhã como muitas pessoas fazem por aí. E isso tem vários motivos, entre eles:

1 - O café da manhã é a refeição mais importante do dia e a única que tem o poder de acelerar o seu metabolismo.

2 - Não ter fome de manhã já é um sintoma de metabolismo lento, e se você alimentar isso, vai ficar cada vez mais lento…

3 - O jantar é a refeição mais opcional. Pular o jantar é um ato de benevolência com o seu metabolismo. Pois tudo que você come pela manhã, você tem o dia todo pra resolver, mas o que você come a noite, a possibilidade de ser armazenado é muito maior.

4 - É durante o seu sono que é liberado o seu GH (hormônio do crescimento) que é o responsável por acelerar o metabolismo (entre outras funções importantes) e ele é inversamente proporcional a quantidade de insulina no seu sangue. Assim quanto mais baixa a insulina, maior a liberação do GH.

5 - Pessoas que não fazem o desjejum tem uma probabilidade muito maior de desenvolver compulsão a noite, o que detona com qualquer dieta.

Dito isso, vamos aprender agora como se deve fazer o Jejum Intermitente da forma correta, contando com a modulação do GH para acelerar o metabolismo durante o sono.

O jejum intermitente pode ser feito inicialmente de 1x a 3x por semana, e se necessário até todos os dias. E o melhor é você só começar a fazer depois que já não estiver mais perdendo peso de uma semana para a outra com a Dieta Low Carb.

Você pode começar pelo jejum de 12/14 horas e evoluir até o de 16/18 horas. No dia que for o Jejum Intermitente, faça um desjejum normal, e depois um almoço caprichado, rico em gorduras saudáveis.

Você pode enriquecer seu almoço com gorduras adicionando bastante azeite na salada, azeitonas, ovos e abacate. Escolher uma carne mais gordurosa (por exemplo: Picanha ou Contra-filé/Alcatra no lugar de Filé Mignon/Patinho; Coxa e Asa de Frango em Vez de Peito de Frango; Peixes mais gordurosos: Atum, Sardinha, Salmão, etc.) Pode ainda consumir coco como sobremesa.

Após este almoço (que pode ser até as 14:00) não comer mais nada. Pular o jantar e só comer novamente no desjejum do outro dia. Durante o jejum só pode beber água, quando tiver sede é claro, e enquanto não estiver adaptado deve evitar fazer atividades físicas.

Caso tenha dificuldades para dormir de barriga vazia, você tem que ir se adaptando aos poucos ao jejum, comendo cada vez menos no jantar e fazendo a ultima refeição cada vez mais cedo. Uma boa forma de fazer esta adaptação é usar as castanhas como ultima refeição e ir diminuindo a quantidade com o passar do tempo. Pode se usar também o óleo de coco. Se o seu problema é ansiedade antes de dormir, um chá calmante (camomila, erva doce, capim limão, etc) também pode ser utilizado no início.

Quando você estiver bem adaptado ao jejum de 16/18 horas, pode começar a fazer, uma vez por semana, um jejum de 24 horas, pulando de um almoço ao outro.

IMPORTANTE: Este jejum de 24horas só deve ser feito 1x por semana sobre o risco de baixar a atividade metabólica e atrapalhar o seu emagrecimento.

Então é isso galera, acredito que tenha sanado todas as principais dúvidas sobre o Jejum Intermitente neste artigo, se tiver mais alguma dúvida você pode enviar nas minhas lives, acessando: https://novalowcarb.com/lives/

Se você ainda não conhece esta Dieta maravilhosa e quer saber o que pode comer, horários, cardápios e receitas, acesse o nosso Portal de Emagrecimento!